O que já rolou

Nossas campanhas são a prova de que o amor sempre vence. Conheça algumas das nossas maiores vitórias (até agora!).

All Out nas Olimpíadas de Inverno de Sochi

Chamamos a atenção do mundo inteiro para as leis antigay da Rússia durante as Olimpíadas de Inverno de 2014.

Há alguns anos a All Out trabalha com parceiros na Rússia para combater as leis antigay do país, que proíbem qualquer coisa considerada "propaganda de relações não tradicionais".

As Olimpíadas de Inverno, marcadas para acontecer em Sochi em 2014, foram uma oportunidade importante de despertar a consciência mundial a respeito da perseguição às pessoas LGBT na Rússia. Nossa campanha começou quase 200 dias antes da cerimônia de abertura.

Começamos com uma petição mundial que reuniu mais de 322 mil assinaturas, pedindo que o Comitê Olímpico Internacional (COI) se pronunciasse contra as leis antigay da Rússia.

Em 7 de agosto de 2013, mais de 50 membros da All Out entregaram nossas assinaturas diretamente à sede do COI em Genebra, na Suíça. Foi a maior petição já recebida pelo COI. E foi a primeira vez que concordaram em se encontrar com um grupo de direitos LGBT.

Gravamos um vídeo da entrega:

Em 3 de setembro de 2013, véspera da Cúpula do G20, milhares de membros da All Out em mais de 30 cidades do mundo todo saíram às ruas para demonstrar amor e solidariedade, e pressionar lideranças mundiais a se manifestarem contra as leis antigay russas. Até a Lady Gaga ajudou a divulgar a mensagem!

Clique aqui para conferir algumas fotografias incríveis desses eventos.

All Out

On September 3rd, All Out members took to the streets in a giant demonstration of solidarity and love at Global Speak Outs worldwide - standing for love and equality in the face of Russia's anti-gay...

Em outubro de 2013, o alvo da All Out foram as empresas patrocinadoras das Olimpíadas, como Coca-Cola e McDonald's. Mais de 150 membros da All Out enviaram e-mails para o diretor executivo da Coca-Cola, pedindo para a empresa se posicionar contra as leis antigay russas.

Em novembro de 2013, lançamos o emocionante vídeo #LoveAlwaysWins, encorajando as pessoas a se colocarem no lugar dos atletas LGBT participantes dos jogos de Sochi. O vídeo teve mais de 1,5 milhão de visualizações no mundo todo!

Em dezembro de 2013, a All Out uniu forças com a Athlete Ally, a American Apparel, a GLAAD e mais de 50 atletas para criar a Principle 6 (P6), uma campanha para celebrar o princípio olímpico de não discriminação e exigir o fim das leis antigay da Rússia antes do início dos jogos em Sochi.

A P6 usou as palavras da própria Carta Olímpica para que atletas e fãs pudessem se manifestar contra a discriminação durante as Olimpíadas, sem violar as leis antigay russas ou o veto a qualquer discurso político durante os jogos.

A marca American Apparel vendeu produtos exclusivos da campanha P6 no mundo inteiro. O lucro obtido com a venda desses produtos ajudou a apoiar a campanha e grupos LGBT da Rússia.

Celebridades como Rihanna, Mark Ruffalo e Zachary Quinto, além de atletas do mundo todo, compartilharam imagens nas redes sociais vestindo as roupas da campanha P6. Isso mostrou que o amor e a igualdade são o que mais importa.

#P6 @voguemagazine @alexanderwangny @athleteally ---- http://bruni.blogs.nytimes.com/2014/01/23/fashion-fairness-and-the-olympics #AntiDiscrimination

437.6k Likes, 4,740 Comments - @badgalriri on Instagram: "#P6 @voguemagazine @alexanderwangny @athleteally ----..."

Em 5 de fevereiro de 2014, membros da All Out saíram às ruas do mundo todo pedindo mais uma vez que as empresas patrocinadoras das Olimpíadas se posicionassem contra as leis antigay da Rússia.

Em setembro de 2014, o COI anunciou oficialmente a introdução de uma cláusula específica contra a discriminação em seu contrato com as cidades-sede das Olimpíadas, determinando que nenhuma dessas cidades poderá discriminar atletas e espectadores por serem quem são ou amarem quem amam – uma grande vitória para o nosso movimento!

Olympic anti-discrimination clause introduced after Sochi gay rights row

After the controversy that surrounded Russia's anti-gay laws before the Sochi 2014 Winter Games, the International Olympic Committee (IOC) has introduced a specific anti-discrimination clause to its host city contract.

Três meses depois, o COI anunciou ainda a revisão do Princípio 6 para incluir as palavras "orientação sexual", proibindo explicitamente esse tipo de discriminação.

IOC adds sexual orientation to anti-discrimination policy

The International Olympic Committee unanimously approved a revision of its non-discrimination policy Monday to include sexual orientation, a step sparked by Russian lawmakers' passage of laws before the Sochi games that banned "gay propaganda." The language will also be included in contracts between the IOC and future host cities.